Vanessa Mazza


1

10 passos para superar o término de um relacionamento

Vanessa Mazza 31 de março de 2015

O relacionamento acabou. Isso é um fato. Antes de ficar pensando no seu futuro, no futuro da outra pessoa, no que deve fazer para vocês voltarem, é muito importante se reequilibrar e entrar novamente nos eixos. Para isso, separei 10 passos para superar o término do seu relacionamento, que, mesmo que não tragam seu/sua companheiro(a) de volta, com certeza abrirão espaço para uma vida melhor.

1. Redescubra seus gostos e objetivos pessoais

Quando convivemos muito com outra pessoa, podemos nos fundir a ela e a seus hábitos, perdendo de vista o que realmente gostamos. Ao mesmo tempo, deixamos em suspenso sonhos e objetivos que, pelo fato de estarmos num relacionamento, nos parecem impossíveis, tipo fazer um curso no exterior, viajar, etc.

Encontrado em vashonbeachcomber.com

Quem sabe você não queira se dedicar mais à dança? Imagem: vashonbeachcomber.com

2. Volte a cuidar de si mesmo

É comum que as pessoas se acomodem dentro da relação. Portanto, voltar a se cuidar, não para conseguir atenção dos outros e sim para se sentir bem consigo mesmo é sempre favorável. Alguns exemplos disso são voltar a fazer exercícios ou comer corretamente, coisas que às vezes deixamos de lado por querer passar mais tempo com a pessoa ou aproveitar a oportunidade para comer coisas mais gostosas (vulgo gordices).

Hora de voltar a se alimentar melhor! Imagem: curapelanatureza.com.br

Hora de voltar a se alimentar melhor!
Imagem: curapelanatureza.com.br

3. Deixe o passado para trás, mesmo que ainda mantenha a esperança de um retorno

Independentemente se vocês irão voltar ou não, ficar parado no meio do caminho só lhe levará à estagnação. Siga em frente, faça o que precisa e não olhe para trás. Se a pessoa terminou com você é ela quem deverá correr atrás de você para voltar. Se foi você, houve um motivo que você terá que resolver antes de estar pronto. Seja o que for, continuar caminhando é o melhor a ser feito.

São tantos os caminhos possíveis! Imagem: Michel Guyot em Fivehundredpx

São tantos os caminhos possíveis!
Imagem: Michel Guyot em Fivehundredpx

4. Assuma a responsabilidade pelo que deu errado e corrija seus erros rapidamente

Ninguém é 100% responsável pelo término de um relacionamento. Sempre há uma dinâmica de ação e reação. Veja o que foi que você fez de errado ao longo da relação e procure melhorar estas características, justamente para não fazer o mesmo no futuro. Você era muito carente, dependente, ciumento, inseguro, acomodado, autossuficiente demais, infiel?

5. Não se faça de vítima, nem se iluda

Parte do item anterior, se você também tem responsabilidade não pode ficar se considerando vítima, o(a) coitado(a) da situação. Muito menos, deve ficar criando fantasias na sua mente a respeito do outro, como querer mascarar a verdade para não sofrer tanto. Exemplos disso são criar desculpas para justificar as ações do outro (favoráveis ou não para você) ou ainda ficar agindo como se ainda estivessem juntos, quando não estão, etc.

6. Busque apoio e ajuda

Pode ser tanto um amigo, quanto familiares, novas doutrinas, religião, terapias alternativas, livros de autoajuda. O importante é não sofrer sozinho e sem as ferramentas necessárias em mãos.

Existem muitos livros bons que nos ajudam a pensar e a encontrar nosso caminho novamente. Imagem: flickr.com

Existem muitos livros bons que nos ajudam a pensar e a encontrar nosso caminho novamente.
Imagem: flickr.com

7. Seja independente

Ser independente significa assumir a própria vida, lembrando-se que antes de membro de um casal, você era um ser humano único e separado e nunca deixou de sê-lo, mesmo quando estava totalmente alinhado com o outro. Portanto, você pode sim viver sem a outra pessoa e viver muito bem e feliz.

8. Evite manipulações

O término pode despertar os piores instintos em nós, como querer vingança, reparação ou ainda fazer a pessoa voltar até nós pelos motivos errados. Podemos cuidar de nós mesmos apenas por desforra do “olha o que perdeu” ou ficar com qualquer um para gerar ciúmes. Isso até pode trazer um pouco de satisfação na hora, mas em médio prazo não é nada saudável.

Ah é? Agora não quero mais! Imagem: Série Revenge

Ah é? Agora não quero mais!
Imagem: Série Revenge

9. Não seja um detetive particular

Querer estar no controle do outro nunca é bom, e piora depois que o relacionamento termina. Por isso, ficar fuçando facebook, telefone, computador do(a) ex, ir nos lugares que ele/ela frequenta para ver o que anda fazendo, ligando para familiares e amigos para especular, além de indigno, é inconveniente.

Deixe a investigação para o Sherlock!

Deixe a investigação para o Sherlock!

10. Use o término a seu favor

Mesmo dolorido, eventos assim nos ajudam a dar um salto na vida. São os choques que nos acordam para uma realidade que estávamos querendo negar e que nos abre possibilidades de cura e mudança. Não perca a chance de renovar sua vida, ficando preso ao passado e na autonegação.

Tags deste artigo: , , , ,

Comments (1)

  1. Pingback: Você se compraz em ser infeliz?

Deixe um Comentário

Login to your account

Can't remember your Password ?

Register for this site!