Vanessa Mazza


0

O que faz é de fato o melhor para todos?

Vanessa Mazza 20 de maio de 2013

Nem sempre aquilo que queremos fazer ao outro, de fato é o melhor para aquela pessoa. Principalmente se somos levados pelo orgulho, pelo medo de perder, pela solidão ou ainda pela vaidade. Afinal, podemos prejudicar alguém sem perceber que estamos sendo responsáveis por sua desgraça.

Exemplos disso são pais que brigam pela guarda do filho. Mesmo que seja evidente que é melhor que ele fique com um dos dois, seja por questões emocionais e/ou materiais, aquele que está em desvantagem, pode fazer de tudo para convencer o juiz, a família e a sociedade de que é a escolha mais indicada.

Ou seja, para esse pai ou mãe tanto faz se o filho ficará feliz ou não, desde que se consiga aquilo que se quer, que é sair “por cima”, que é não ficar sozinho, se sentindo abandonado ou um fracassado.

Naturalmente, nem sempre isso é evidente. Muitos de nós que passam por isso realmente acreditam que então fazendo o correto, que estão sendo altruístas, quando na verdade são necessidades egoísticas que os movem.

Assim, se você estiver lutando, brigando por algo ou ainda insistindo no mesmo assunto, reavalie se o que pretende trará harmonia, paz e felicidade aos envolvidos. Trata-se de algo justo, ético, responsável?

Se perceber que não, abandone o projeto sem ressentimentos. Antes viver com a consciência tranquila, do que criar um carma negativo para si mesmo apenas por obstinação.

Justiça – Tarot of the New Vision

Tags deste artigo: , ,

Deixe um Comentário

Login to your account

Can't remember your Password ?

Register for this site!