Vanessa Mazza


0

Atitude vale mais que beleza?

Vanessa Mazza 5 de março de 2013

No mundo em que vivemos, nós, mulheres, somos bombardeadas por todos os lados com imagens de pessoas perfeitas, lindas, bem-sucedidas, felizes no amor e prósperas. A questão é que além da maquiagem, do cabelo, da roupa escolhida a dedo por especialistas, do fotógrafo e dos programas de manipulação da imagem, que distorcem a realidade, ser feliz não depende de um exterior perfeito. Em outras palavras, nenhuma mulher precisa obedecer rigidamente um padrão X de beleza para ser amada, conquistar amigos, bons empregos ou viver um grande amor.

Tudo reside na confusão que existe entre estar no seu melhor estado e ser um exemplo vivo de um ideal pré-estabelecido pela sociedade. As pessoas são muito diferentes entre si devido a inúmeros fatores, que vão desde sua carga genética – como cor dos olhos, dos cabelos, da pele, formato de nariz, altura, estrutura óssea – até questões relacionadas à cultura, educação e crenças. A combinação de tudo isso torna cada ser único no mundo e, portanto, insubstituível.

Assim, cada mulher deveria procurar encontrar seu equilíbrio, sua plenitude individual ao invés de tentar se ajustar a uma imagem artificial de beleza que não existe e que, na maioria das vezes, não se ajusta a ela. Afinal, imagine se todo mundo tentasse seguir a estética proposta pela mídia? Seríamos mais clones e produtos em série que seres humanos cheios de beleza, cor e movimento. Esse tipo de coisa só pode vir à tona quando a diversidade é respeitada.

Desse modo, se você não está contente com seu corpo, honre-o sem rejeitá-lo, simplesmente tendo uma vida mais saudável, se divertindo mais, se cuidando com amor e carinho. Não procure inúmeros tratamentos estéticos ou cirurgias sem razão de ser, pois isso seria o mesmo que negar quem você é.

No fim, o que realmente torna uma mulher linda e especial é sua capacidade de aceitação. Isso faz com que ela não só se respeite mais, como também se preserve, se permitindo o melhor. Portanto, independente da mulher estar dentro de um padrão de beleza imposto, lembre-se que quem se ama:

– Não se envolve com pessoas que lhe farão mal.

– Não negligencia sua saúde.

– Não deixa de fazer o que gosta.

– Não permite dominação alheia.

– Não finge ser algo que não é.

Ou seja, é esta capacidade de cuidar de si mesma que nos torna mais felizes e, consequentemente, carismáticas. Afinal, quem não gosta de ficar perto de alguém bem resolvido e de bem com a vida?

Deixe um Comentário

Login to your account

Can't remember your Password ?

Register for this site!