Vanessa Mazza


0

Para ser saudável, aceite as imperfeições dos outros

Vanessa Mazza 22 de dezembro de 2012

Se existe uma coisa que aprendi ao longo dos anos é que o corpo, com seus formatos, doenças e inconvenientes, mostra a verdade mais íntima sobre cada um de nós. Assim, os discursos, declarações e frases feitas se tornam vazios, quando se olha de fato para quem as profere. É claro que é mais fácil culpar o acaso, a genética e as outras pessoas, afirmando que ficar doente é “normal” e “parte da vida”, já que nos exime de grande parcela de responsabilidade.

Porém, isso não muda a realidade de que, se nosso corpo tem doenças ou nos acidentamos, é porque, no fundo, não estamos (e nem somos) tão bons quanto queremos parecer aos outros, principalmente naqueles momentos em que temos a necessidade de nos auto-afirmar citando as mazelas/dificuldades de nossos semelhantes. Então, no mundo não há privilegiados, pois todos nós obedecemos às mesmas leis naturais.

Ou seja, antes de sair por aí julgando os outros, olhe para a própria vida e se concentre em consertar o que está fora de lugar, a começar pelo próprio corpo. Você verá que isso não só lhe trará mais paz de espírito, como lhe permitirá ter mais compaixão pelos seus semelhantes. Afinal, é bem possível que a pessoa que criticamos tanto seja muito mais feliz que nós e nem sofra das mesmas doenças ou indisposições que nos atormentam.

Deixe um Comentário

Login to your account

Can't remember your Password ?

Register for this site!