Vanessa Mazza


0

Sonos perturbados

Vanessa Mazza 5 de novembro de 2012

Para algumas pessoas, dormir pode ser mais do que um ato natural e espontâneo, pode representar uma verdadeira luta entre a vontade de descansar e a mente inquieta.

De fato, a insônia ou mesmo o sono perturbado, nos faz chegar de manhã com uma sensação de peso, cansaço, dor e, na maioria das vezes, de desânimo e falta de fé na vida.

Algumas práticas simples podem ajudar, como manter o quarto bem escuro, evitar cafeína e açúcar, não estimular o cérebro antes de dormir, tomar um banho quente, investir em infusão de ervas, praticar técnicas de relaxamento e de respiração, entre outros.

Porém, muitas vezes, apesar de todos estes esforços, o resultado continua muito aquém do esperado e, eis que o indivíduo em questão, já exausto emocionalmente, recorre a medicamentos para simplesmente se entorpecer.

Então, antes de chegar neste ponto, que tal refletir sobre as causas que levaram à insônia, do que simplesmente persistir combatendo seus efeitos? Afinal, por que algo que deveria ser tão automático passa a ser complexo?

A resposta está no funcionamento da mente que reage à alguma situação que vivemos naquele momento (um medo, um conflito, uma desorganização, um novo projeto) mantendo nossos pensamentos num looping sem fim.

Assim, se quiser voltar a dormir bem, em primeiro lugar não ceda ao desejo do controle, pois tentar forçar qualquer situação sempre nos leva a ficarmos ainda mais tensos. Segundo, não use este problema como desculpa para continuar pensando mal da vida e de si mesmo. Terceiro, coloque em ação todas as dicas simples apontadas neste texto acima. Quarto, seja grato pelo fenômeno da insônia, pois ele revela que algo na sua vida não está funcionando direito e lhe ajuda a identificar o problema. Quinto, passe a repetir mentalmente, ao longo de todo o dia, sempre que lembrar: “eu durmo muito bem todos os dias e sempre acordo revigorado”. Mesmo que o efeito disso não apareça na primeira noite, tenha certeza de que um dia você dormirá normalmente e nem perceberá mais que havia algo errado. Sexto e último, lembre-se que tudo na vida passa, inclusive os sofrimentos, portanto, não se apegue à insônia, acreditando que ela ficará com você a vida toda.

Enfim, basta ouvir o que ela tem a lhe dizer e deixe-a ir, resolvendo durante o dia, efetivamente, a causa dela.

Tags deste artigo: , , , , ,

Deixe um Comentário

Login to your account

Can't remember your Password ?

Register for this site!