Vanessa Mazza


0

Praticar o que se prega não é fácil

Vanessa Mazza 17 de junho de 2012

Sair por aí pregando sobre amor, caridade, respeito, justiça, perdão, humildade é muito fácil, pois, mesmo sem compreender profundamente todos estes sentimentos, nós crescemos ouvindo falar deles. Tudo muda, porém, quando chega o momento de praticá-los…

E quando isso acontece?

Quando temos que devolver o troco que foi dado a mais pelo caixa distraído, quando evitamos espalhar uma fofoca sobre a qual não temos certeza, quando não ficamos falando o tempo todo de nós mesmos e de nossas conquistas e mazelas, quando nos importamos de fato com os sentimentos alheios, ouvindo as pessoas com atenção, quando não permitimos que alguém seja prejudicado injustamente, mesmo que nos coloquemos numa situação desagradável, quando rejeitamos um mérito que não nos pertence e que nos foi dado por engano, quando devolvemos algo que não é nosso, quando perdoamos sinceramente quem nos fez mal, quando nos doamos de verdade, sem ficar cobrando retorno, quando deixamos alguém que amamos partir, mesmo que isso nos faça sofrer, quando torcemos para que outra pessoa se dê bem e tantos outros exemplos.

É no dia a dia, nas pequenas e grandes situações, que podemos nos colocar à prova e verificar se aquilo que aconselhamos aos outros ou que julgamos tão severamente, é também praticado por nós.

E não adianta se perder em justificativas vãs, dizendo que precisava daquele dinheiro que não lhe pertencia, que a pessoa que lhe prejudicou agora merece sofrer, ou ainda que quem ama deve ficar com você, mesmo contra vontade, porque na sua cabeça isso é o melhor para ela.

Sempre fui a favor da coerência. Por isso, prefiro alguém que diga: sou incapaz de perdoar, apesar de tentar, do que alguém que saia por aí dizendo o quão lindo é o poder do perdão e na hora H simplesmente se encha de ódio, ressentimento e sentimento de vingança, achando que sua dor é maior do que a do outro e, por isso, pode ser uma exceção.

Ou seja, a carta do Papa está aqui hoje para nos ensinar a termos mais força moral e sermos menos hipócritas.

Deixe um Comentário

Login to your account

Can't remember your Password ?

Register for this site!