Vanessa Mazza


1

Como evitar a traição

Vanessa Mazza 23 de novembro de 2011

Ninguém está imune ao medo de, dentro de um relacionamento, ser traído a qualquer momento. Muitas são as razões para isso: insegurança, falta de amor próprio, medo de ficar sozinho ou de estar simplesmente vivendo uma mentira. Afinal, aquela pessoa até um tempo atrás nos era desconhecida e não sabemos com certeza, até onde ela pode ir ou quais são seus verdadeiros princípios de vida. Por isso, muitos homens e mulheres acabam pecando por excesso de controle, por ciúmes, numa tentativa de prevenir o que parece inevitável: que o outro perca o interesse e procure outra pessoa, nem sempre de forma honesta. Mas será que este método é realmente eficaz ou será que é justamente este excesso de zelo que faz com nosso amor pule fora ou nos engane por raiva ou desprezo?

De fato, quanto mais ansiedade colocamos sobre algum assunto, mais as coisas se complicam. Isso acontece porque deixamos de ser naturais e espontâneos, perdemos aquele brilho que foi o que, no começo, atraiu aquela pessoa para nós. Desse modo, se você estiver com este medo, lembre-se que será justamente a manutenção desse pensamento que levará seu relacionamento à ruína, já que uma crença errada atrai comportamentos errados. Ou seja, se você fica o tempo todo desconfiando, vai deixar de ser uma pessoa interessante, leve, divertida, segura, posto que vai ficar vigiando, cobrando, vai ligar direto, terá raiva, criticará seu parceiro mentalmente ao longo do dia, se ele ou ela esquecer de ligar ou fazer algo que você não goste, ficará dramático, choroso ou será chantagista. Obviamente que, independentemente do fato da outra pessoa estar traindo ou não, conviver com você será insuportável.

Veja então as dicas a seguir para evitar destruir seu relacionamento e também ser traído:

– Não abdique de seus prazeres pessoais: Muitas pessoas, principalmente as mulheres, costumam ceder demais dentro dos relacionamentos, ou para agradar ou parar evitar conflitos ou ainda porque temem ser abandonadas. Porém, o que você poderá de fato oferecer de bom ao outro se você mesmo não se diverte? Continue fazendo o que gosta e, claro, saiba negociar quando necessário;

– Continue mantendo familiares e amigos próximos a você: Nessa de querer ficar o máximo de tempo com quem amamos, passamos a negligenciar nossa família e amigos, deixando de vê-los com a mesma frequência. Porém, é justamente este contato que mantém nossa sanidade e equilíbrio, já que eles podem sempre nos alertar de coisas que não estamos percebendo e ouvir nossas dúvidas. Assim, você evita sobrecarregar seu parceiro com um monte de conversa que nem sempre ele ou ela terá paciência para ouvir;

– Tenha sonhos, projetos e atividades só suas: Quando estamos num relacionamento, começamos a pensar por dois. Tudo vira “o casal”, sejam os projetos de vida, as finanças, etc. Porém, é saudável que você mantenha uma vida separada, na qual você possa se realizar sozinho. Pode ser desde uma viagem até cursos, palestras, atividades extra, projetos de caridade, etc. Não deixe de respeitar sua individualidade, assim, você volta ao relacionamento sempre com novidades e algo a mais;

– Não cobre, não exija, não critique: Não tem nada pior do que conviver com alguém que está sempre apontando falhas, erros e mandando em nós. Não tolha a liberdade do outro. Assim, ele não terá motivo para se vingar de você, fazendo exatamente o mesmo;

– Evite dar conselhos demais ou intervir na vida do outro: Quando temos medo de perder, ficamos controlando, segurando, induzindo o outro a fazer aquilo que queremos, porém, se fazemos isso, desrespeitamos e dizemos, sem perceber, o quanto não confiamos. E, se uma pessoa não é confiável aos nossos olhos, ser desleal conosco passa a ser o comportamento mais possível, não é mesmo?

– Cuide sempre da saúde e não perca a vaidade: Não é porque você já está namorando ou casado que não deve mais se arrumar, praticar esportes, passar uma maquiagem (no caso das mulheres), comprar roupas bonitas e ter um cuidado especial com o corpo. A sedução deve acontecer diariamente, não importa se a vida é atribulada ou não. Se nos respeitamos e valorizamos, é exatamente isso que obtemos do outro;

– Não conte tudo: Ter pensamentos e acontecimentos não compartilhados não é mau sinal. Apenas significa que você está preservando seu eu interior. Tem muita coisa ruim que não precisa ser dita, tem projetos pessoais que você pode esperar vingar antes de contar. Além de você evitar aborrecimentos, você também fica com uma aura de mistério bem mais interessante;

– Não se incomode se o parceiro olhar um homem ou mulher bonita na rua: A beleza está aí para ser admirada mesmo. Por isso, não se incomode. Olhe você também. Quanto menos você se aborrecer, menos o outro terá vontade de ficar olhando outras pessoas;

– Pratique o autoconhecimento e tenha uma espiritualidade mais forte: É claro que manter esta sanidade mental é difícil, pois estamos cheios de vícios em nossos comportamentos. Desse modo, ter uma doutrina que possa ser seguida ou buscar constantemente o autoconhecimento, irá lhe ajudar a manter a confiança e a paz interior;

– Sinta-se responsável pela própria vida: Se mesmo assim você for traído, não fique triste, pois saber disso foi uma benção. Agora você pode se libertar dessa pessoa e encontrar uma melhor. Afinal, tendo seguido todas essas dicas, você terá tido poucas perdas e estará mais forte, muito diferente se estivesse sem se cuidar, sem sonhos pessoais, afastado de amigos e familiares, com uma péssima imagem de pessoa controladora.

O importante, no final de tudo, é ter a consciência que nossa vida é o que plantamos seja em pensamentos, sentimentos ou atitudes. Por isso, somos responsáveis pelo o que nos acontece. Entenda as lições de cada situação e, com certeza, não sofrerá mais e muito menos será traído.

Vanessa Taro

Se encontra numa dessas situações? Veja como se consultar – http://vanessamazza.com.br/2012/10/07/consultas-on-line-e-presencial/

Tags deste artigo: , , ,

Comments (1)

  1. Pingback: Especial Dia dos Namorados: Artigos para ajudar sua vida amorosa

Deixe um Comentário

Login to your account

Can't remember your Password ?

Register for this site!