Vanessa Mazza


3

Tarô na vida: É para mudar ou apenas saber?

Vanessa Mazza 11 de novembro de 2011

Algumas pessoas de vez em quando me procuram para ver seus futuros, porém, no íntimo delas o desejo não é descortiná-lo para poder mudar o presente e sim apenas para “saber por saber”. Assim poderão ou continuar se lamentando caso saia algo ruim ou simplesmente pararem de se desenvolver já que a previsão foi boa. Eu sempre digo aos meus clientes que o único propósito de se dar uma “espiadinha” no futuro é ter uma noção mais clara se o que estamos fazendo, sentindo, dizendo hoje irá ter um desfecho positivo, se estamos, como acreditamos, no caminho certo. Na maioria das vezes percebemos que estamos agindo de forma impulsiva, ou que não compreendemos direito os desafios que estamos passando, o que costuma trazer muito alívio, já que o conhecimento do problema nos liberta de suas consequências. Mas o trabalho do Tarô não é apenas informar o rumo dos acontecimentos, ele também aconselha, “puxa a orelha”, nos dá dica e fornece possibilidades que podemos testar com nosso livre-arbítrio. Ou seja, está longe dele determinar seu destino ou ainda lhe deprimir. O Tarô é uma ferramenta extremamente positiva. É uma oportunidade que muitos não têm, principalmente se não costumam ouvir sua intuição ou buscar o autoconhecimento.

Por isso, fica aqui a reflexão: o que vale mais a pena? saber o que vai acontecer e simplesmente não fazer nada porque o que foi visto é um destino inevitável? ou usar a informação para corrigir erros, finalizar situações e focar naquilo que realmente nos levará a um futuro feliz, modificando as tendências negativas?

Tags deste artigo: , , ,

Login to your account

Can't remember your Password ?

Register for this site!