Vanessa Mazza


1

Seus sonhos são realmente seus?

Vanessa Mazza 17 de setembro de 2011

Todos nós, em algum momento de nossas vidas, traçamos um plano em direção ao futuro. Mesmo que sejam apenas pequenas coisas a curto prazo, vamos estabelecendo o que deveria ser nossa existência. Algumas pessoas constroem uma vida totalmente diferente da dos seus pais, outras fazem à imagem e semelhança, seguindo a mesma carreira, passando pelas mesmas dificuldades, tendo, até mesmo, as mesmas doenças. De todo modo, a pergunta que fica no ar é: o que você está criando para sua vida, nasceu realmente da sua conexão interior?

Explico: nascemos numa sociedade e recebemos influências do que é certo ou errado, do que devemos acreditar, desde a infância, vindo de diferentes fontes: nossos pais, professores, amigos, familiares ou ainda da mídia, da religião e da política. Estamos tão acostumados a repetir certos conceitos, que nem percebemos mais se realmente acreditamos neles, se de fato é o que gostaríamos de ter em nossas vidas.

O QUE ESPERAM DE VOCÊ? COMO ISSO IMPACTA EM SUAS ESCOLHAS?

Vamos pegar como exemplo primeiro o casamento. Muitos tem a noção interna de que casamento é um só, que a mulher deve se casar de branco, que o evento deve ser precedido de um noivado e que se espera que a moça engravide logo em seguida. É claro que muitas mulheres hoje não seguem este sistema, mas não será que algumas delas se sente culpada ou fica remoendo que sua situação está estranha?

Nem todas as pessoas nasceram com a missão de serem pais, mas isso não significa que não possam se casar. Quem ama, pode viver sob o mesmo teto, sem necessariamente ter um contrato ou uma cerimônia que “legitime” isso aos olhos da sociedade. O casamento pode igualmente ser entre pessoas do mesmo sexo. A mulher pode ser mãe sem um pai presente e vice-versa.

E a escolha de uma profissão dita correta ou estável? Quantas pessoas não fazem administração, direito ou medicina, pois acham que é o mais correto a fazer, ou porque seus pais seguiram esta profissão ou porque alguém disse que elas seriam as melhores?

Ou seja, a mensagem central deste artigo é: o que quer que você esteja planejando, seja uma carreira, uma viagem, um filho, uma união, uma poupança, pare e se pergunte se é o que você realmente deseja.”

Às vezes para você é mais importante fazer uma grande viagem todos os anos até o final da vida, do que trabalhar direto por 20 anos para morar numa casa própria. Pode ser que você não queira ser mãe ou pai. E se você se dá bem com alguém vivendo em casas separadas e isso funciona por décadas para ambos? Você pode viver da sua arte ou de um ofício simples, mas feito com amor, sem nunca ter concluído uma faculdade.

Por isso, procure sua própria verdade, sem medo do que os outros vão pensar. A vida é sua, as lições vieram para você. Não viva a sombra dos outros, não limite seu potencial. Quanto mais coerência temos a respeito de quem somos e do que realmente queremos, mais simples e felizes se tornam nossas existências.

DICAS PARA DESCOBRIR O QUE VOCÊ QUER

Tente prestar atenção aos seus sentimentos quando faz cada pequena coisa. Se você se sentir bem e leve é porque gosta de verdade;

As coisas que você faz estão fluindo? Ou tudo geralmente dá errado? Quando não dá certo com facilidade, pode existir alguma desconexão entre você e o que faz;

As pessoas que fazem o mesmo que você e que estão ao seu redor lhe agradam ou desagradam?

Você fica o tempo todo esperando reconhecimento? Será que não é porque não faz o que ama?

Tags deste artigo: ,

Comments (1)

  1. Pingback: 10 passos para resgatar sua autoestima

Deixe um Comentário

Login to your account

Can't remember your Password ?

Register for this site!