Vanessa Mazza


0

2011 – O Ano da Estruturação

Vanessa Mazza 29 de dezembro de 2010

A síntese de 2011 é o 4, número que fala de estabilidade e também de sedimentar novas estruturas para o futuro.

Cada número tem sua energia. E, tal como todas as coisas naturais, que possuem um lado bom e um ruim, cada número representa um estado de espírito que pode ser mais ou menos forte dependendo de como se lida com ele. Isso significa que se vemos a chuva como fonte de abundância para as plantas das quais depois tiraremos nosso alimento, nos sentiremos abençoados. Porém, se focamos na lama, na sujeira e no fato de não podermos sair sem um guarda-chuva, então será sempre sofrível.

É por isso que, quando prestamos atenção aos números que representam nosso nome, nosso dia de nascimento, o lugar onde moramos ou a empresa em que trabalhamos, podemos perceber com mais clareza quais são os potenciais e onde estão as armadilhas. Neste sentido, se você sabe que trabalha numa empresa de energia 7, na qual o foco é o conhecimento, desenvolver suas habilidades nesta área podem se tornar vantajoso para você.

A mesma lógica também funciona com os anos. Nós, ou pelo menos uma grande parcela do mundo, escolheu uma determinada medição de tempo que culmina – a partir da próxima semana – no ano 2011. Ou seja, este momento histórico pelo qual passamos tem um sentido e o mesmo pode ser descoberto pela numerologia. Quando combinamos 2 + 0 + 1 + 1 , obtemos 4, que é um número de estabilidade, representado pelos 4 lados de um quadrado. Porém, há muitas maneiras de se chegar ao 4, por isso, os números que compõe o ano também têm um sentido especial.

O 2, por exemplo, é um número intuitivo e introspectivo, enquanto que o 1 fala de independência, criatividade e liderança. Portanto, a lição desse ano novo é que, para conseguir a estabilidade prevista pelo número 4, é preciso aliar ação com inação, intuição com objetividade, sensibilidade e paciência, com coragem e autonomia. Assim construiremos um terreno fértil para todas as nossas boas iniciativas.

Porém, como toda luz carrega uma sombra, em 2011 podemos ir no sentido contrário, sendo passivos e descontentes, ficando desanimados e sobrecarregados por tensões e problemas, acabando por nos isolar dos outros. Inevitavelmente, por causa da monotonia, podemos também nos tornar egoístas, vivendo um dia atrás do outro, sem muita motivação.

Portanto, busque a estabilidade em 2011, sem perder o espírito inovador, sem deixar de estimular a criatividade, ao mesmo tempo em que reserva um tempo para si mesmo, para seu autoconhecimento e para prestar atenção a sua voz interior, à mensagem oculta dos sonhos e aos pequenos “sinais” da vida. Afinal, de nada adianta ter a estrutura firme, se falta a alma.

Tags deste artigo: ,

Deixe um Comentário

Login to your account

Can't remember your Password ?

Register for this site!