Vanessa Mazza


0

Por que o Tarô é importante?

Vanessa Mazza 16 de outubro de 2010
Uma vez definiram o Tarô como a representação de nosso inconsciente e subconsciente, tal como se nossa mente fosse um iceberg, deixando transparecer apenas a pontinha da nossa consciência, aquela desperta e, geralmente, a única que escutamos, também chamada de razão. Sendo assim, quantas coisas dentro de nós – pensamentos, sentimentos, experiências, traumas, etc – não estão submersas, de modo que, no nosso dia-a-dia, não conseguimos perceber com clareza? Além disso, essas coisas ficam “pulsando”, nos levando a reagir desta ou daquela maneira, nos fazendo sentir efeitos positivos e negativos – dependendo do tipo da experiência enraizada dentro de nós – e que nos influencia corriqueiramente, sem possamos exercer muito controle. O Tarô se torna, então, uma poderosa ferramenta de autoconhecimento, pois vai buscar, através de imagens milenares, carregadas de significados presentes no imaginário coletivo, as respostas que já estão dentro de nós, mas que, sem o estímulo que as figuras das cartas nos provocam, temos dificuldade em compreender. E aquilo que não se compreende, não pode ser modificado. Permita, portanto, que o Tarô lhe auxilie a trazer à tona toda essa massa imersa do Iceberg, para que você possa resolver suas questões atuais, liberar suas angústias e medos, tornando-se livre para viver sua vida exatamente da forma como merece. Por isso, que, pelo menos para mim, o Tarô não é um instrumento mágico e sim humano.
Tags deste artigo: ,

Deixe um Comentário

Login to your account

Can't remember your Password ?

Register for this site!